Gestores e coordenadores pedagógicos participam de oficina para melhorar IDEB

78

Nesta terça-feira, 22, no auditório do Carajás Centro de Convenções, está sendo realizada a oficina “Metas de Aprendizagem”, com foco em ações que resultem na melhoria dos apontadores do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). O evento, promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), através da Diretoria de Ensino Urbano, reuniu gestores e coordenadores pedagógicos de escolas públicas municipais das zonas urbana e rural de Marabá.

Fábio Rogério, Diretor de Ensino Urbano da Semed, esclarece que a parceria coma Fundação Lemann tem produzido bons resultados. “2019 é o ano da escola protagonista e isso é para criar uma autoavaliação nas escolas para participar de uma avaliação externa, que é feita em todo o Brasil pelo Ministério da Educação. A Fundação Lemann vem nos ajudar nesse sentido de aprender como é a estrutura que avalia a educação no Brasil, qual é o papel dos gestores e coordenadores das escolas e avaliar a situação educacional no Brasil, mas com foco em Marabá”, explicou.










No evento, os educadores participam de uma oficina de simulação de notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. De acordo com o palestrante Bob Bilton, gestor de projetos da Fundação Lemann, o IDEB é um ponto importantíssimo para medir a educação nas questões elementares básicas e necessárias. “Como o IDEB é baseado no fluxo de alunos aprovados e basicamente nas notas de matemática e língua portuguesa, a gente considera que o IDEB contempla as questões mais básicas da educação. Com certeza tem mais elementos, e se você conseguir o IDEB bom, você conseguiu atingir os primeiros passos para se chegar aos demais quesitos”, avaliou.

Deloise de Fátima Bacelar, gestora de redes do Programa Formar da Fundação Lemann, afirma estar satisfeita com a parceria mantida com a Secretaria de Educação de Marabá por estar produzindo melhorias na qualidade do ensino no município. “Hoje estamos discutindo sobre as notas do IDEB e como faremos para avançar ainda mais nas escolas para melhorar esses índices. Estamos satisfeitos com esta parceria com a prefeitura de Marabá porque estamos avançando. Para gente conseguir melhorar o IDEB precisamos pensar no aluno como um todo. Todos os alunos precisam aprender na idade certa e por isso vamos pensar no dia a dia da escola e procurar construir ações para superar os desafios”, contou.