Hora do Recreio monitorada muda rotina e alunos são protagonistas

47

A Escola Municipal Elinda Simplício Costa, no Bairro das Laranjeiras, tem mostrado à comunidade que não é apenas lugar de ensinar disciplinas escolares. Um novo projeto implantado ali tem contribuído de forma positiva no comportamento de 630 alunos entre 6 e 13 anos, que aprendem, na prática, a ter responsabilidade e dar exemplo aos demais colegas.

O projeto “Recreio com Alegria e Disciplina” é desenvolvido diariamente fora da sala de aula, durante o intervalo para o lanche. Semanalmente, em cada turno (manhã e tarde), são selecionados oito alunos do 1º ao 5º ano, que recebem o nome de monitores. Funciona em modo de rodizio. A missão deles é organizar a saída das turmas para o pátio, orientar os colegas a devolverem os pratos, copos e colheres na copa após a merenda e tentar evitar correrias exageradas. Além disso, eles também monitoram o uso dos banheiros, do bebedouro e vigiam a horta e o jardim da escola.

Pedro Rodrigues, de 10 anos de idade, é aluno do 5º ano no turno da tarde e esta semana faz parte da equipe de monitores. O estudante revela que está feliz pela participação no projeto e tem a consciência da importância dele para o funcionamento das atividades de interação. “A escola está mais organizada na hora da merenda”, reconhece o aluno.

Tayná Renata, 13, aluna do 5º ano, também é uma das monitoras da semana. A menina acredita que o seu bom comportamento foi essencial para sua indicação ao projeto. “Eu me comporto bem e peço para os colegas fazerem o mesmo na hora do intervalo”, conta.

Mas nem sempre o bom comportamento foi o critério para as indicações dos monitores. Inicialmente, o projeto foi pensado para atender os alunos indisciplinados e, segundo a vice-diretora da escola, Francisca Moura, a iniciativa mostrou-se positiva.

A idealizadora do projeto é Efigênia Serrano, diretora da escola. Além da monitoria, também são realizadas diversas dinâmicas que possibilitam que as crianças brinquem de forma criativa e prazerosa.  A escola instalou tabuleiros de dama no banco da praça e nas mesas do refeitório. Também foram pintadas “amarelinhas” no chão e fornecidos elásticos e cordas para as crianças pularem. “É um recreio divertido e alegre, mas com muita disciplina”, ressalta Efigênia.

Desde a implantação do projeto, a escola já vem colhendo frutos perceptíveis, como a redução de conflitos e o cuidado com a limpeza. “Não fazem mais a sujeira no pátio como antes, o bebedouro está organizado, eles respeitam quando o sino toca para voltar para a sala e diminuíram as ocorrências e acidentes no decorrer do intervalo”, celebra a diretora.

Quer deixar um comentário, preencha o formulário abaixo!

Please enter your comment!
Digite seu nome aqui